11 de janeiro de 2010















Te amo como a planta que não floresce e leva
Dentro de si, oculta, a luz daquelas flores
E graças a teu amor vive escuro em meu corpo
O apertado aroma que acendeu a terra.

(Pablo Neruda)


AddThis Social Bookmark Button


0 comentários: to “

 

Design by Amanda @ Blogger Buster